Um verdadeiro cristão

Ao ver Natanael se aproximando, disse Jesus: “Aí está um verdadeiro israelita, em quem não há falsidade”. João 1:47

Jesus tinha visto Natanael debaixo da figueira e já tinha um alto conceito sobre ele. Quando se aproximou Jesus externou a sua opinião a todos dizendo: “Aí está um verdadeiro israelita, em quem não há falsidade”. Em algumas traduções o adjetivo usado por Jesus aparece como Dolo. Uma palavra que se refere a engano. Alguém que não se corrompe; Uma pessoa irrepreensível. Quando Jesus diz que Natanael não era uma pessoa falsa, Ele enfatizava a importância para os seus ouvintes e para nós no sentido de sermos honestos, transparentes, incorruptíveis e francos em nossa maneira de viver seja no seio familiar, na igreja e na sociedade de um modo geral.

Um ser humano que mente, que procura legitimar suas ações fraudulentas engana-se a sí próprio e com passar do tempo acredita em suas mentiras como se fossem verdades. Um indivíduo com um caráter doloso, fraudulento e hipócrita é capaz de falar bem de você na sua frente, mas pelas costas denigrirá a sua imagem. Quando não fala mal de você, ele planta sementes de desconfiança a seu respeito na mente dos outros.

A pergunta para reflexão é a seguinte: Qual o conceito de Jesus ao nosso respeito? Jesus analisando o meu e o seu coração é importante que Ele diga: “Aí está um verdadeiro israelita, em quem não há falsidade”. Digo isto porque Ele conhece o interior das pessoas, e sabe de que material somos feitos.

Deus abençoe as nossas decisões neste dia.

Pr. Nélson Gouvêa 

Deixe um comentário

Rolar para cima