Tempo de apostasia – Parte II

Então o Senhor dirigiu-me a palavra: “Ó comunidade de Israel, será que não posso eu agir com vocês como fez o oleiro?”, pergunta o Senhor. “Como barro nas mãos do oleiro, assim são vocês nas minhas mãos, ó comunidade de Israel”. Jeremias 18:6
Estamos vivendo um tempo não muito diferente dos dias de Jeremias. Estamos vivendo um tempo de apostasia. Apostasia significa: Ação de renegar algo, normalmente relacionado com a renúncia de uma religião ou da fé religiosa. Consiste na condição de afastamento de alguma coisa, como uma doutrina, ideologia, etc, sem a permissão ou autorização de terceiros. O apóstata, é um indivíduo que pratica a apostasia, em alguns casos pode sofrer consequências negativas por seu ato de renúncia.
Hoje ser cristão virou moda.
* Não se fala muito sobre arrependimento de pecados nos púlpitos de nossas igrejas. Os apelos para que pessoas se posicione por Cristo é pouco praticado.
* As letras das canções de louvor e adoração deixam muito a desejar. Parece que o certo virou errado e o errado virou certo.
* As pessoas mentem com muita tranquilidade e acham que o pecado da mentira não tem consequências.
* Nunca na história da humanidade aconteceu um tão alto índice de divórcios, no entanto as pessoas trocam de parceiros como se troca uma peça de roupa. Casais vivem amasiados, como se esta atitude tivesse a permissão de Deus.
*Muitas pessoas deixaram de adorar imagens, porém adoram seres humanos como se fossem deuses. Hoje inclusive alguns que se dizem seguidores de Cristo, cultuam seus próprios corpos em nome de uma boa performance e os expõe na mídia.
* Hoje nos estádios de futebol existe muito mais aclamação e louvor para com o seu time e seus jogadores do que dentro dos templos adorando o Senhor.
No tempo de Jeremias o povo estava tranquilo com relação aos seus pecados, pensando que nada iria acontecer, afinal eles iam ao templo todos dias, em todas as festas judaicas. O fato é que Deus não estava no templo de suas vidas. Deus como o oleiro quer trazer restauração. Só Ele, através do Espírito Santo pode transformar a vida de pessoas nos moldes de Cristo. Por isso é importante decidir a qual Deus servir. Reflita: Você o conhece verdadeiramente? Você o adora em Espirito e em verdade? Você é consciente de sua presença diária em sua vida e em sua família?
Deus lhe abençoe…
Pr. Nélson Gouvêa

Deixe um comentário

Rolar para cima