Reconhecer e assumir os próprios erros

Gênesis 3:11-13 lemos um diálogo interessante entre Deus e o casal Adão e Eva. E Deus perguntou: “Você comeu do fruto da árvore da qual lhe proibi comer?” Disse o homem: “Foi a mulher que me deste por companheira que me deu do fruto da árvore, e eu comi”. O Senhor Deus perguntou então a mulher: “Que foi que você fez?” Respondeu a mulher: “A serpente me enganou, e eu comi”.

Neste pequeno diálogo vemos claramente o quão difícil é reconhecer e assumir os próprios erros. É muito mais cômodo transferir responsabilidades do que assumi-los. Este hábito nocivo permeia em todas as esferas da sociedade, seja na família, no trabalho e até na Igreja. “O culpado não sou eu, é você”.

Em nossos dias está faltando modelos de pessoas corajosas, responsáveis pelos seus atos. Meu pai diz algo importantíssimo ao assumir os nossos erros: “É melhor ficar vermelho no primeiro momento, do que amarelo a vida toda”

A pergunta para reflexão neste dia é: ” Você assume seus erros?
Deus abençoe o seu dia e as suas decisões…
Pr. Nélson Gouvêa

1 comentário em “Reconhecer e assumir os próprios erros”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima