O Propósito de Deus para o Casamento-I Parte

“Faze-me discernir o propósito dos teus preceitos, então meditarei nas tuas maravilhas”. Salmos 119:27

“Mas os planos do Senhor permanecem para sempre, os propósitos do seu coração, por todas as gerações”. Salmos 33:11

“Tu guardarás em perfeita paz aquele cujo propósito está firme, porque em ti confia”. Isaias 26:3

“Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito”. Romanos 8:28

Introdução:

As estatísticas são claras, um em cada dois casamentos infelizmente acabam em divórcio. Ainda assim, a esmagadora maioria das pessoas ambicionam ter um casamento feliz e duradouro, se possível como nos livros e nos filmes românticos onde tudo termina “e foram felizes para sempre”.

O casamento é um sonho ou uma realidade? Como manter ao longo dos anos de convivência o matrimônio? O que é que um casal precisa vivenciar hoje para que o seu relacionamento perdure até que a morte os separe? Creio que tenho autoridade suficiente para compartilhar algumas sugestões importantes na área do relacionamento conjugal, justamente porque sou casado com a mesma mulher por 41anos. Posso lhe assegurar que não trocaria por motivo algum a minha esposa Solange por nenhuma outra, isto porque nos completamos em tudo. Temos dois filhos maravilhosos, já casados, frutos deste relacionamento feliz e abençoado.

A primeira coisa importantíssima na busca pelo casamento duradouro é que:

01. Jesus Cristo precisa ser prioridade na vida do casal

Somente Jesus poderá conceder alegria plena durante toda a nossa existência aqui nesta terra; Isto independentemente das circunstâncias da vida. Nenhuma pessoa por melhor que seja, conseguirá fazer o seu cônjuge plenamente feliz, pois em algum momento ele ou ela irá decepcioná-lo. A felicidade é fundamentada nas emoções e ninguém consegue viver com suas emoções em alta o tempo todo, pois elas funcionam como uma montanha russa; Num momento está lá em cima, outra cá embaixo.

As nossas perspectivas e expectativas devem estar focadas na pessoa do Senhor Jesus Cristo que habita no coração de quem nele crê. Obviamente se a nossa confiança estiver centrada em Jesus, Ele nos dará todas as coordenadas para vivermos melhor o nosso relacionamento conjugal. Ter uma experiência pessoal com Cristo é fundamental para um bom relacionamento interpessoal. Digo que se a nossa a intimidade, a nossa comunhão for satisfatória com Cristo no sentido vertical, saberemos administrar os problemas com as pessoas que estão em nosso nível horizontal e isto inclui o nosso cônjuge, e a nossa família. Por isto é importantíssimo, cultivar um tempo diário para estudo da Palavra de Deus e oração. É preponderante para aumentarmos gradativamente o nosso nível de relacionamento com Deus.

Todo casal, na medida em que os anos avançam na convivência, enfrentarão adversidades de todas as formas, seja no relacionamento direto, seja lidando com enfermidades na família, problemas de ordem financeira, etc. Neste ponto um casal que tiver a sua vida espiritual bem orquestrada terá maior chance de perseverar no foco de manter saudável a sua união por longos anos.

Deus abençoe o seu relacionamento conjugal.

Pr. Nélson Gouvêa
www.ministeriocomfamilias.com.br

Deixe um comentário

Rolar para cima