Maná, a provisão de Deus para hoje

“Fez chover maná para que o povo comesse, deu-lhe o pão dos céus”. Salmos 78:24

Durante quarenta anos o povo de Israel foi sustentado no deserto.Todas as manhãs com exceção dos sábados, em forma de orvalho que descia do céu, um trigo especial cobria a terra e era colhido pelas famílias. Era uma provisão diária do Deus que é fiel às suas promessas. Às sextas-feiras colhiam duas porções por pessoa, para que os cerimoniaís e estatutos fossem respeitados em relação à guarda do sábado. Vez por outra, devido à rebeldia de algumas pessoas, os alimentos recolhidos acima do limite permitido, não podiam ser utilizados, visto estarem acometidos por bichos; pena aplicada por Deus para coibir a desobediência.

Deus revela-nos algumas coisas importantes neste dia. Tomemos posse.
1. O Senhor nos dá a provisão certa para cada dia.
Deus ainda permanece fiel às suas promessas. O maná continua sendo a sua Palavra Viva e Eficaz e mais cortante do que uma espada de dois gumes. Não precisaremos ir ao campo e esperar pelo o orvalho santo que desce do céu para matar a nossa fome. Este maná é o nosso sustento, sob medida no dia de hoje. Não há necessidade de preocupar-nos com o dia de amanhã – “Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.” (Mateus 6:34)”O pão nosso de cada dia nos dá hoje”. (Mateus 6:11) Não existe espaço para desobediência.

Não devemos ultrapassar os limites estabelecidos por Deus em sua Palavra, para não comermos pão bichado, se podemos comer pão fresco e diário.
2. Hoje, precisamos estar plenamente satisfeitos com a provisão de Deus, para o nosso fortalecimento espiritual.
Não devemos viver de alimentos, de experiências passadas. Por melhor que tenha sido o nosso tempo com Deus ontem; Por mais maravilhoso e real que tenha sido o milagre que JESUS CRISTO operou em nossas vidas ontem, contudo hoje, a nossa comunhão precisa ser melhor, a nossa experiência de vida espiritual com Ele, precisa ser mais intensa e fascinante.

Lembre-se: A provisão (o alimento espiritual) que recebemos de Deus, precisa ser diário e fresco. Que possamos, a cada manhã dizer ao Senhor: “Dá-nos cada dia o nosso pão cotidiano”. (Lucas 11:3)

Conclusão:

Qual é a nossa atitude diária com a provisão de Deus? Quanto tempo de qualidade, gastamos na presença do Senhor diariamente? Estamos praticando o que Ele nos ensina em sua Palavra, em nosso dia a dia?

Deus nos abençoe neste dia.
Pr. Nélson Gouvêa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima