Discussão

Se envolver numa discussão pode se tornar um grande risco, pois as consequências podem ser imprevisíveis. Uma briga muitas vezes começa com pequenos atritos, pequenas brechas. Com certeza você já deve ter ouvido “Eu não levo desaforo pra casa”.
De fato os desentendimentos estão presentes em vários tipos de relacionamentos tais como: Pais e filhos, marido e esposa, entre irmãos, patrão e empregado, professor e aluno, pastor e membro da igreja, etc. Os locais da discussão estão em qualquer lugar, basta um pequeno atrito, uma pequena contrariedade, um descontrole, uma pequena centelha, para se iniciar uma chama e destruir uma boa amizade, companheirismo.
Segundo a enciclopédia Wikipédia, chama-se discussão o ato ou a causa de discutir ou brigar. Significa também “ debate”, polêmica “controvérsia” …
Em provérbios 17:14 o assunto é mencionado quando lemos: “O início do desentendimento é como a vasão de águas represadas; por isso desista da questão antes que haja briga”.
A melhor maneira de resolver uma provável discussão, é optar por ceder. Controlar as emoções, as palavras que podem ofender o outro, ou simplesmente se calar. Usar expressões do tipo: “Você tem razão. ” “Me perdoe.” Ouvi de um professor certa ocasião um conselho para quando alguém lhe xingar no trânsito. Quando isto acontecer, diga pra você mesmo, “não é comigo, ele está falando com outra pessoa”.
Deus abençoe o seu dia e os seus relacionamentos.
Pr. Nélson Gouvêa
Pastor, Escritor e Conferencista

Deixe um comentário

Rolar para cima