Conselhos práticos aos pais, em tempos atuais

Ponham em prática o que vocês receberam e aprenderam de mim, tanto com as minhas palavras como com as minhas ações. E o Deus que nos dá a paz estará com vocês. (Filipenses 4:9 – Tradução: NTLH)
Estamos sem dúvida na era tecnológica. A comunicação se tornou muito rápida e ficou extremamente fácil se relacionar com alguém à distância, no entanto os nossos filhos estão expostos diariamente a um mundo invisível e com certeza, cheio de armadilhas.
Hoje o meu conselho é direcionado aos pais, cujo os filhos já estão usando estas ferramentas abençoadas, mas que podem se transformar em maldição em suas vidas, se os mesmos não forem acompanhados e orientados quanto ao seu uso diário.
Aqui vão algumas dicas:
1. Dê um limite aos seus filhos, separando um tempo certo para o uso destes aparelhos, seja vídeo-games, tabletes, smartphones, celulares, notebooks, etc.
2. Tire um tempo para conversar com eles, olho no olho, sobre o que estão acessando na Internet, sejam imagens, vídeos, mensagens, redes sociais, etc. Pais, vocês devem ficar atentos sobre o tipo de programação que eles estão sendo expostos.
3. Não permita em hipótese nenhuma que eles usem os celulares à mesa das refeições, no horário de estudos, nas conversas em família ou com amigos.
4. No templo onde congregam, não é necessário utilizar estes aparelhos no período de culto. Mesmo que dentro deles tenha um aplicativo da Bíblia, ninguém garante que serão usados para este fim. Nada deve substituir o livro tradicional. O bom mesmo seria deixar os seus smartphones e celulares em casa.
5. Evite você mesmo pai e mãe, o uso excessivo destes aparelhos perto de seus filhos. Isto para que você tenha mais autoridade na hora de confrontá-los.
Deus lhes deem sabedoria e discernimento para lidar com seus filhos nesta área específica. Existe um provérbio, provavelmente atribuído a um filósofo denominado Confúcio, que viveu entre os anos 551-479 AC, que diz: “As palavras convencem, mas o exemplo arrasta”.
Deus abençoe a sua vida e família neste dia.
Pr. Nélson Gouvêa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima