Conflitos no relacionamento conjugal

Pois não é contra pessoas de carne e sangue que temos de lutar, mas sim contra principados e poderios, contra os príncipes deste mundo de trevas, contra os exércitos espirituais da maldade nas regiões celestiais . Efésios 6:12
Dificuldades, problemas e tribulações aparecem no caminho de qualquer casal. Não existe na face da terra nenhum relacionamento conjugal totalmente compatível. O casamento é composto por duas pessoas imperfeitas que a cada dia procuram aprimorar-se na relação. Querendo ou não, mais cedo ou mais tarde, aparecerão momentos turbulentos. Isto faz parte da vida. O que não pode acontecer é quando surgir as dificuldades e conflitos, o casal opte pelo isolamento, pelo afastamento um do outro. É preciso encarar a situação de frente com maturidade espiritual.
Quatro coisas importantes que o casal precisa aprender quando surgirem os conflitos.
1. Seu cônjuge não é seu inimigo.
Sua luta não é contra ele. Seu cônjuge é seu aliado íntimo, alguém que lhe ajuda a carregar o fardo diariamente.
2. Aprenda a enfrentar qualquer adversidade juntos. Existe uma unidade espiritual saudável e forte nesta relação. A Bíblia chama isto de mistério (uma só carne)
3. Homem e mulher pensa e age diferente. Procure conhecer o seu cônjuge no dia a dia ajudado-o em suas fraquezas e enaltecendo-o em suas virtudes.
4. Se por algum motivo os conflitos persistirem busque um conselheiro(a) matrimonial. Alguém da confiança plena do casal poderá ajudá-los nestes períodos difíceis. Neste momentos uma ajuda externa será tremendamente importante. Lembre-se: O amor e o perdão mútuo sempre estarão presentes em todos os momentos, numa relação conjugal abençoada por Deus.
Deus abençoe o seu casamento.
Pr. Nélson Gouvêa

Deixe um comentário

Rolar para cima