As tartaruguinhas

Ouvi a história que numa certa praia, havia várias tartaruguinhas fazendo a sua corrida pela vida, tentando alcançar o mar. Um rapaz ao ver o esforço delas para sobreviver, começou a pegar uma por uma e jogá-las na direção do mar. Alguém vendo a atitude do rapaz solidário disse, ao passar por ele na praia. “Que adianta fazer isto? São muitas tartaruguinhas, o seu trabalho será em vão”. O moço respondeu com convicção. “O meu trabalho fará uma enorme diferença na vida daquelas que eu consegui salvar”.

Isto me faz pensar que embora todos nós sem exceção corremos na direção da vida como as tartaruguinhas de nossa história; alguém pode com atitude, objetividade e amor nos abençoar de alguma forma; seja com palavras, ajuda financeira, um gesto de carinho ou pelo simples fato de estar ao nosso lado nos momentos de crises existências ou familiares.

Que tal neste dia praticarmos de alguma forma, atitudes de solidariedade? Faremos com certeza diferença na vida daquele que optarmos salvar. A Bíblia diz: “Não é certo que se perdem os que só pensam no mal? Mas os que planejam o bem encontram amor e fidelidade”. Provérbios 14:22 “Portanto, meus amados irmãos, mantenham-se firmes, e que nada os abale. Sejam sempre dedicados à obra do Senhor, pois vocês sabem que, no Senhor, o trabalho de vocês não será inútil”. I Coríntios 15:58

Que tenhamos um dia abençoado em Cristo Jesus.
Pr. Nélson Gouvêa 

Compartilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima