As eleições de 2020 no Brasil

Estamos às portas de mais uma eleição nos dias 15 de novembro – data do primeiro turno – e para 29 de novembro – o segundo turno. Decidiremos nas urnas, aqueles que serão os nossos futuros governantes. Este é um momento não somente histórico em nosso país, mas também de grande importância espiritual. Digo isto pois neste pleito estará em jogo os valores morais, a ética, a preservação da família tradicional, os valores da vida humana, as liberdades conquistadas em nossa constituição brasileira pela democracia. Será uma luta entre o bem e o mal, entre a luz e as trevas.
O nosso voto definirá se vamos caminhar para uma mudança saudável e livre da corrupção, que se tornou um câncer em nossa nação, ou se vamos amargar mais anos de total instabilidade nacional. É hora de uma mudança especial e radical.
Eu já discerni com clareza, que definitivamente não quero o PT, PC do B, PSol, Rede e outros partidos de esquerda. Eu particularmente não votarei em nenhum candidato destes partidos. Eles já demonstraram que não tem competência para governar o Brasil. Nenhum candidato ficha suja ou que tenha processos em andamento terá o meu voto.
Por isto eu convoco cada cidadão cristão neste país que souber discernir o natural do espiritual, para não anular o seu voto deixando de exercer o seu direito de cidadania. Convoco também os idosos que por lei não necessitam mais comparecer às urnas, que em caráter especial manifestem a sua vontade, dando a sua contribuição de singular patriotismo. Acredite que o seu precioso voto fará diferença para melhor para a nossa nação. Os nossos filhos e netos agradecerão no futuro, este momento histórico que vivemos hoje.
O apóstolo Paulo nos diz em sua carta em I Coríntios 2:14,15 “O homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, pois lhe são absurdas; e não pode entendê-las, pois se compreendem espiritualmente. Mas aquele que é espiritual compreende todas as coisas…”
Procure discernir corretamente este momento e que Deus tenha misericórdia de nosso querido Brasil.
Pr. Nélson Gouvêa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima