Arrependimento e conversão a Cristo

Arrependei-vos, pois, e convertei- vos de forma que seus pecados sejam apagados, para que tempos de refrigério possam vir da presença do Senhor. Atos 3:19
Uma realidade que presenciamos hoje em dia diz respeito a multiplicação da iniquidade, do pecado. O temor a Deus deixa a desejar. Homens e mulheres escolhem deliberadamente um estilo de vida pecaminoso, logo as consequências deste procedimento tem o seu preço. Pecado é a transgressão voluntária da lei que Deus estabeleceu para que a humanidade pudesse obedecer e segui-la. Porém com tamanha insensatez e ignorância o afastamento e esfriamento às questões espirituais tornou-se inevitável. O apóstolo portanto adverte da importância do arrependimento e da conversão a Cristo.
Arrepender-se: é uma mudança de mente e coração de valores morais fundamentados no egoísmo para um estilo de vida santificado, separado e alicerçado na vontade de Deus.
Conversão a Cristo: É uma transformação espiritual espontânea não a uma religião ou dogmas, mas sim um começo de relacionamento com a pessoa de Jesus, o doador de uma vida abundante terrena e eterna.
O único capaz de tirar o ser humano da escravidão do pecado que se encontra e transportá-lo para o Reino de seu amor. Quando o arrependimento e a conversão genuína acontecem, pecados são apagados, e tempos de refrigério são vivenciados na presença do Senhor.
Hoje eu lhe pergunto.
Como você está lidando com o problema chamado pecado?
E como está o seu relacionamento com Cristo?
Você está vivendo tempos de refrigério em sua presença?
Deus lhe abençoe…
Pr. Nélson Gouvêa

Deixe um comentário

Rolar para cima