Amor e Respeito

Mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor; Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo. De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos. Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra. Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível… Efésios 5:22-33
Faltar com o respeito com quem quer que seja, indica desvalorizar, depreciar o ser humano na sua essência, principalmente quando esta pessoa é o seu cônjuge. Se faltar o respeito em um relacionamento, faltou tudo. O respeito, começa quando se reconhece o caráter, a personalidade, as diferenças do próximo, observando-se mais as qualidades do que os defeitos.
Precisamos aprender a conviver também com as incoerências do outro. O respeito começa por ai. O apóstolo Paulo em Efésios 5:22-33 nos fala da responsabilidade do casal. Revela-nos que se o marido quiser que a sua esposa ande em sua visão, em sua direção e missão (submissão) ele precisa aprender a respeitá-la em sua individualidade. Deve amá-la como Cristo amou a sua esposa (a sua Igreja) Do mesmo modo, a esposa recebendo carinho e amor incondicional de seu marido, deverá tratá-lo com respeito, honra e dignidade.
A melhor maneira de se ter um bom relacionamento conjugal é valorizar diariamente o seu cônjuge, pedindo a Deus que lhe dê sabedoria e discernimento para praticar o amor Ágape (O amor de Deus que é derramado nos corações)
Que tal exercitar a partir de hoje este amor com ações positivas, que leve ao amadurecimento e fortalecimento no relacionamento conjugal? Tenha criatividade e surpreenda o seu cônjuge.
Deus os abençoe em Cristo.
Pr. Nélson Gouvêa

Deixe um comentário

Rolar para cima