A importância do relacionamento sexual no casamento

Casais ao menor sinal de brigas e desentendimentos partem quase que de imediato para a separação de corpos, distanciam-se um do outro, em vez de procurarem resolver os seus problemas. A mulher segundo a Bíblia não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas sim o marido. Do mesmo modo o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, pois este poder foi dado à mulher. Isto quer dizer que o relacionamento íntimo, sexual do casal precisa estar em dia, restaurado, cultivado.
Quantos casais estão separados dentro de sua própria casa, de sua própria cama. Individualidades que não condiz com a expectativa que Deus tem do casal que foi legitimado pelo casamento. A Bíblia adverte em I Coríntios 7:5 o seguinte: “Não defraudeis um ao outro, se não por consentimento mútuo, por algum tempo, para vos aplicardes oração, depois vos ajuntai outra vez para que satanás não vos tente por causa da incontinência”.
Preste atenção os casais que estão lendo esta mensagem. Deus tem um carinho muito grande por vocês e Ele tem preparado momentos muito especiais para vocês redescobrirem o amor, procurando acender e restaurar de novo a chama da paixão. Devem lembrar-se também que o amor não deve ser bonito só nas declarações, nas afirmações ou nas definições que se ouvem por aí. A prática deve ser evidenciada. As atitudes devem falar mais alto.
Marido! reconquiste a sua esposa. Qual foi a última vez que você disse que a ama e que ela é especial pra você? Qual foi a ultima vez que você com qualidade de tempo, parou o que estava fazendo, para ouvi-la? Pequenas atitudes valem mais do que mil palavras.
Esposa! você tem procurado respeitar e honrar o seu esposo diante da pessoa dele, dos filhos, familiares, amigos, etc. O que você fala sobre o seu marido com a sua melhor amiga? É bom parar para pensar nisto.
O sexo foi criado por Deus e ao contrário do que muita gente pensa, ele não foi feito só para a procriação. Ele foi feito por Deus, também para o prazer. Um casal que procura evitar o contato físico está condenando o seu casamento ao fracasso. Ambos têm necessidades biológicas e se completam nesta relação. Infelizmente vemos muitos homens ou mulheres que estão insatisfeitos no matrimônio buscando outras relações paralelas e isto aos olhos de Deus é gravíssimo. Basta ter uma briguinha, um mal entendido que logo a separação de corpos acontece.
Mulheres preste atenção: Pare de usar o sexo como arma para conseguir seus objetivos contra o seu marido. Usando o sexo como arma, o tiro pode sair pela culatra e atingir você. Seguramente a falta de relacionamento sexual é uma das maiores causas de separações, de divórcios.
Deus abençoe o relacionamento de vocês.
Pr. Nélson Gouvêa

Deixe um comentário

Rolar para cima