A correção

Eu tinha sete anos de idade, morávamos na cidade de Itabira-MG. Bem próximo de nossa casa ficava o colégio. Em meu primeiro dia de aula me lembro que a professora estava desenhando no quadro negro um barco bem grande, procurando interagir com os alunos porém eu não quis ficar na sala sozinho sem a presença de minha mãe; Depois de algumas tentativas pra me convencer a assistir a aula, ela me levou pra casa. Chegando em nossa residência o meu pai não gostou do meu comportamento e me chamou para uma conversa importante. Ele disse: “Pelo visto você não quer aprender a ler e a escrever. Sua mãe irá levá-lo amanhã e espero que esta cena de não querer estudar não se repita, ouviu”? “Ouvi, porém sozinho no colégio não vou ficar, eu disse.” Então sabiamente meu pai me disse: “Não tem problema, vamos resolver esta questão da seguinte maneira. Você está vendo o portão de nossa casa? “Sim eu respondi.” Sua mãe irá aprontá-lo amanhã para o colégio, porém se você não quiser ir à aula, tudo bem, do lado de dentro do portão terá uma cadeira e você ficará de castigo. Só poderá se levantar daquela cadeira quando os seus colegas passarem pelo portão voltando do colégio. E durante 4 horas eu fiquei ali esperando os alunos passarem pelo portão. Você já sabe o final desta história. Daquele dia em diante não tive mais problemas com colégio, o castigo me ajudou a tomar a decisão correta.

Assim somos nós! Por vezes relutamos em não querer aprender as lições que a vida nos impõe, e logo a disciplina de Deus acontece para nos ajudar na formação de nosso caráter. Ele conhece tudo ao nosso respeito e quer nos corrigir em amor. Veja o que a Bíblia nos diz: “E, na verdade, toda a correção, ao presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas depois produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela.” Hebreus 12:11

Deus abençoe a sua vida neste dia
Pr. Nélson Gouvêa                                                                                                                            

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima