A boa, perfeita e agradável vontade de Deus

“Quanto ao mais, que tenhamos todos o mesmo modo de pensar, sejamos compassivos, amemo-nos fraternalmente, e que sejamos misericordiosos e humildes. Não devemos retribuir mal com mal, nem insulto com insulto; ao contrário, devemos sim, bendizer ao Senhor; pois para isso fomos chamados, para recebermos as bênçãos por herança”. I Pedro 3:8, 9 ( Parafraseado)
Este texto apresenta-nos alguns conselhos práticos estabelecidos por Deus.
1. O mesmo modo de pensar – significa: Sermos unânimes na fé, no bom relacionamento com todas as pessoas de nossa família ou fora dela.
2. Sermos compassivos – Significa: Praticarmos a compaixão, a bondade com o nosso próximo.
3. Amor fraternal – significa: Sermos afetuosos com as pessoas. Que as nossas palavras e atos aproximem as pessoas de nós e não o contrário.
4. Que sejamos misericordiosos – Significa: Agirmos com o coração e não com a razão simplesmente, pois a razão em certos momentos anula a misericórdia.
5. Que sejamos humildes – Significa: Agirmos com simplicidade, reconhecendo os próprios erros, deixado de lado a soberba.
6. Não devemos retribuir o mal com mal, nem o insulto por insulto – Significa: Sermos mansos e coerentes no proceder, pacificadores e não agitadores, provocando desunião e discórdia.
As coisas citadas acima são importantes para praticarmos no dia a dia, pois em I Pedro 3:12 está escrito: “Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos e os seus ouvidos atentos à sua oração, mas o rosto do Senhor volta-se contra os que praticam o mal”.
Deus nos abençoe, em todo o nosso proceder.
Pr. Nélson Gouvêa

Deixe um comentário